Porto de Sines e de Miami tornam-se irmãos

Porto de Sines e de Miami tornam-se irmãos O Porto de Sines e o Porto de Miami tornaram-se portos irmãos através da celebração de um acordo celebrado no passado dia 1 de julho.
Para o efeito, uma delegação do Porto de Miami liderada por Bill Johnson, responsável da infraestrutura, acompanhada por elementos da embaixada dos Estados Unidos da América em Portugal e da AICEP, estiveram em Sines com o objetivo de celebrar o referido acordo entre as duas entidades.

O acordo de portos irmãos resultou de contactos e trabalhos anteriores, sob o patrocínio da AICEP e da embaixada dos Estados Unidos, tendo sido preparados os termos necessários com vista ao fomento e partilha de informações e experiências e realização de ações comerciais entre as entidades responsáveis pelo desenvolvimento dos dois portos, visando o aumento do tráfego nas duas infraestruturas.

Os dois segmentos de mercado importantes a desenvolver são a carga contentorizada e os cruzeiros. No primeiro existe um grande potencial de crescimento na medida em que o mercado dos Estados Unidos é estratégico para o Porto de Sines, sendo um importante destino das exportações portuguesas. Já no campo dos cruzeiros trata-se de uma nova valência para Sines com a junção dos portos do Algarve, e a relação com um porto de referencia nos cruzeiros, como é o caso de Miami, é um aspeto da maior importância para ajudar à dinamização deste segmento de mercado.

Em contentores o Porto de Miami movimenta atualmente cerca de 1 milhão de TEU por ano e nos cruzeiros movimentou mais de 4 milhões de passageiros.
2013-07-04 11:49:39
Empresas Relacionadas